Seguidores

quinta-feira, 16 de julho de 2009

A importância de contar histórias para crianças







A história abre espaço para a alegria e o prazer de ler, compreender, interpretar a si próprio e à realidade é uma narrativa que se baseia num tipo de discurso calcado no imaginário de uma cultura. As fábulas, os contos, as lendas são organizados de acordo com o repertório de mitos que a sociedade produz. Quando estas narrativas são lidas ou contadas por um adulto para uma criança, abre-se uma oportunidade para que estes mitos, tão importantes para a construção de sua identidade social e cultural, possam ser apresentados a ela.






Existe diferença entre ler e contar histórias,,,porém ambas muito importantes. Um texto escrito segue as normas da língua escrita, que são completamente diferentes daquelas da linguagem falada. Quando uma criança ouve a leitura de uma história ela introjeta funções sintáticas da língua, além de aumentar seu vocabulário e seu campo semântico. Porém, aquele que lê a história deve dominar a arte de contá-la, estar preparado suficientemente para fazê-lo com apoio no texto, sabendo utilizar o livro como acessório integrado à técnica da voz e do gesto.










Além disso, quem lê para uma criança não lhe transmite apenas o conteúdo da história; promovendo seu encontro com a leitura, possibilita-lhe adquirir um modelo de leitor e desenvolve nela o prazer de ler e o sentido de valor pelo livro.
Há opiniões divergentes neste campo: alguns autores consideram que o contador sem o livro tem mais liberdade de acentuar emoções, modificar o enredo segundo as reações da criança e portanto, melhor comunicação com o público infantil. Teria ainda mais disponibilidade para trabalhar sua voz e seu gesto.









Somos partidárias, neste aspecto de que o importante é como ler e como contar, porque é preciso que se tenha técnica e preparo para despertar o desejo e o prazer das crianças.


Um dos principais objetivos de se contar histórias é o da recreação. Mas a importância de contar histórias vai muito além. Por meio delas podemos enriquecer as experiências infantis, desenvolvendo diversas formas de linguagem, ampliando o vocabulário, formando o caráter, desenvolvendo a confiança na força do bem, proporcionando a ela viver o imaginário.




Podemos destacar algumas orientações básicas para contar histórias:


• Escolha leituras que tenham ligação direta com o sexo, a idade, o ambiente familiar e o nível sócio econômico da clientela.

• Incentive as crianças diariamente, contando pequenas histórias sem mesmo ter o livro nas mãos.

. Use entonação de voz atraente, sem exageros, faça suspense, faça drama, se emocione, expresse sua opinião sobre o tema e dê oportunidade para que a criança também apresente sua opinião.

• Enriquecer a narração com ruídos (onomatopéias) como miau! Au! Au!

• Movimente o corpo (olhos, mãos e braços), mas sem exageros.

• Evite cacoetes como: aí... então... entenderam... não é?

• Crie a “hora da história”. Na escola, um bom horário é após o recreio para acalmar a turma; em casa pode ser à noite, antes de dormir;

• Determine um dia ou horário para cada aluno ler ou contar uma história. Não force ninguém..

. Em casa, estimule a criança a recontar a história que ouviu; compre livros, dê livros de presente em aniversários, natal e outras festividades;

• Sempre que possível sente-se no nível das crianças.

• Explique quando necessário, o significado das palavras novas.

• Preserve a atenção das crianças no local em que a história está sendo contada. (muito barulho, pessoas estranhas interrompendo, etc.).

Autora:Claudia Maquez Cunha Silva texto resumido por Ismaelita para adequação do blog

Fonte: http://www.psicopedagogia.com.br/entrevistas/entrevista.asp?entrID=64

Sugestão de site: http://www.contandohistorias.com.br/


4 comentários:

  1. Olá, Ismaelita!

    Realmente, contar estórias para entreter as crianças é fundamental para deixá-las mais ativas e com senso crítico. Dessa forma, pode-se proporcionar uma vida bem melhor para a criança.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  2. É muito importante despertar nas crianças a curiosidade de aprender a ler e descobrir, o conteúdo dos livors, muito bom seu texto.
    A paz

    ResponderExcluir
  3. Duas coisas que meus guris adoram...ouvir estórias e ler histórias na hora de dormir...

    Mas as estórias não podem ser na hora de dormir...senão vai a noite toda relembrando...ehhehehehehehe

    ResponderExcluir
  4. Adorei belas dicas.

    Visite meu blog se possivel =)
    http://www.aumentavisitas.com.br/blog/

    Obrigado.

    ResponderExcluir